5 dicas de segurança na Internet para manter as crianças seguras on-line

Nos dias de hoje, é inevitável que seu filho seja exposto a telas (muitas delas) e, em algum momento, tenha acesso à navegação na Internet. A internet oferece muitos benefícios, incluindo recursos educacionais, jogos divertidos e também permite que você acompanhe seus entes queridos em qualquer lugar do mundo onde estejam. Mas a internet também pode ser um lugar assustador e pode representar alguns riscos sérios, a menos que sejam tomadas as devidas precauções. Com histórias recentes em todas as notícias, é importante lembrar que há muitas coisas que os pais podem fazer para manter seus filhos em segurança on-line. Confira estas 5 dicas de segurança na internet para crianças:

  1. Verifique, atualize e aumente suas configurações de privacidade. Você não apenas pode proteger a si mesmo (e ao seu computador) contra vírus da Internet, mas também pode definir restrições contra o acesso a determinados sites e conteúdo.
  2. Definir limites de tempo na frente da tela: 30 minutos por dia e somente após o dever de casa e outras tarefas serem concluídas. Para referência, a Academia Americana de Pediatria recomenda não mais do que 1 hora de tempo de tela de alta qualidade para crianças de 2 a 5 anos. Menos tempo de tela é igual a mais tempo para correr e jogar.
  3. Mantenha seus filhos à vista quando estiverem navegando na web. As crianças são curiosas, mas são menos propensas a procurar conteúdo impróprio se souberem que a mãe está sempre ao redor. Se eles encontrarem algo inapropriado, converse com eles para que não se sintam envergonhados ou temam perder os privilégios.
  4. Verifique o histórico de navegação do seu computador com frequência. Monitore quais sites seu filho está visitando regularmente. Se você se deparar com algo questionável, tenha uma conversa muito direta com ele sobre o que estava visualizando e defina as expectativas da Internet.
  5. Fale com eles sobre sua reputação on-line e ajude-os a entender que o que uma pessoa posta on-line é para sempre. É importante que as crianças aprendam que tudo o que dizem ou compartilham on-line é público. Certifique-se de que ele nunca compartilhe qualquer informação pessoal com estranhos, incluindo seu nome ou endereço.

Mais importante ainda, crie uma conversa aberta com seu filho sobre o uso e a segurança da internet. Isso o ajudará a se sentir mais à vontade ao abordar você com perguntas sobre o conteúdo que encontrou on-line. A internet não tem que ser um lugar assustador, use essas dicas para manter toda a sua família segura online!

5 dicas para criar uma criança emocionalmente saudável

Não há dúvida de que a saúde emocional é tão importante quanto a saúde física. Como pais, temos a obrigação de nutrir o bem-estar emocional de nossos filhos. Saúde emocional positiva pode beneficiar as crianças de várias maneiras; além de as crianças emocionalmente saudáveis ​​terem maior senso de confiança e auto-estima, elas também são capazes de se recuperar do fracasso, vencer desafios e atingir seu verdadeiro potencial. Confira estas 5 dicas para criar uma criança emocionalmente saudável.

  1. Concentre-se em sentimentos. É importante ensinar seu filho desde cedo a expressar seus sentimentos. Se seu filho está com raiva, triste, feliz, animado, com medo, etc., é importante identificar e reconhecer que emoções seu filho está sentindo. Então você pode ensinar-lhes as habilidades necessárias para lidar com esse sentimento. Mostre um interesse real nos sentimentos do seu filho e ajude-os a expressar e a gerir as suas emoções de uma forma saudável.
  2. Deixe-os cometer erros. Se você não cometer erros, como você aprende? É importante ensinar ao seu filho que não há problema em cometer erros. Está tudo bem em falhar. Tudo bem estar errado. É assim que você aprende! Ensine seu filho que os erros dele pode ajudá-lo a desenvolver um relacionamento saudável com o fracasso e ensine-o a lidar com as deficiências de maneira positiva.
  3. Deixe-os tomar decisões. Não só permitir que o seu filho tome algumas das suas próprias decisões (adequadas à idade) ajuda a promover a sua independência, mas também irá ajudá-lo a lidar com as consequências ou recompensas das suas próprias ações.
  4. Nutra-os. Não existe amor demais! Cuidar, nutrir e amar o seu filho é uma ótima maneira de ajudá-lo a se sentir emocionalmente seguro e também vai ajudá-lo a se tornar um adulto amoroso.
  5. Lidere pelo exemplo e cuide do seu próprio bem-estar emocional. Os pais precisam praticar o que pregam. Ao cuidar de sua própria saúde emocional, você pode, por sua vez, ajudar seu filho a se tornar uma pessoa emocionalmente saudável!

 

5 maneiras fáceis de se relacionar com seu bebê

Navegar pelo mundo como novos pais pode parecer estar em um redemoinho. Você está começando a conhecer esse pequenino que entrou em sua vida e abalou seu mundo – mas de um jeito bom! Embora os bebês novos não façam muito mais do que comer, dormir e fazer cocô, há muitas pequenas coisas que você pode fazer para construir suas habilidades como pai e mãe para ajudar a estabelecer esse vínculo crucial entre pais e filhos. Estabelecer um vínculo forte com seu bebê desde o início é extremamente importante para seu crescimento e desenvolvimento. Confira essas 5 maneiras simples de se relacionar com seu novo pacote de alegria!

  1. Enquanto se alimenta, seja através de amamentação ou mamadeira, mantenha seu bebê perto para que eles possam ouvir seu batimento cardíaco, pois isso soa muito como o que ouviram quando estavam no útero.
  2. Converse com seu bebê. Mesmo que eles não possam responder a você, converse com eles. Eles estão ouvindo sua voz há meses e sua voz pode ser reconfortante para eles! Narrar atividades diárias, como trocas de fraldas (todas as 275 delas), alimentação, hora do banho e brincadeiras.
  3. Segure-os. Não, você não pode segurar seu bebê! Não é apenas mantendo seu bebê recém-nascido que fará com que ele se sinta mais seguro, mas também ajudará você a se sentir mais ligado a ele.
  4. Dê uma massagem no seu bebê. A massagem infantil é uma ótima prática antes da cama e pode ajudar a reduzir o estresse do bebê, aumentar a circulação e relaxar os músculos.
  5. Inscreva-se em um programa projetado para bebês e seus pais! As aulas do Little Gym’s (Pais e Filhos) para bebês de 4 a 10 meses são uma ótima maneira de se relacionar com seu bebê e conhecer outros pais e mães! Para saber mais e se inscrever em uma aula, visite-nos.

Construir confiança e ligação com o bebê requer tempo, atenção, gentileza, paciência e carinho. Com estas 5 dicas você pode construir uma conexão com seu bebê que durará a vida toda!

Dicas para desenvolver um hábito de leitura precoce para crianças

Como mãe, você é a primeira a influenciar o cérebro do seu filho. Repetidas vezes, estudos mostraram que a leitura durante a gravidez tem um efeito positivo no desenvolvimento da criança desde o início e continua à medida que cresce. A leitura precoce demonstrou ter efeitos positivos no desenvolvimento da linguagem, nas interações e vínculos da criança com os pais e colegas, e os ajuda a aprender sobre o mundo ao seu redor. Você quer manter a curva de aprendizado na direção certa? Para isso é importante ler pra ele, mesmo antes de nascer, e incentivar a leitura diária durante toda a infância e adolescência. Confira essas dicas para tornar a leitura uma parte da rotina diária da sua família.

  1. Exponha seu filho a materiais de leitura, seja em casa ou com idas semanais a uma biblioteca local, na sua cidade. Dar a ele oportunidades de ler com frequência aumentará seu interesse pela leitura.
  1. Reserve tempo para ler em voz alta para seu filho.Para os menores, reserve tempo todas as manhãs ou noites para lerem juntos, abraçadinhos. Para crianças mais velhas, revezem-se lendo cada página de um livro favorito.
  2. Faça disso um hábito diário.É muito comum que os horários sejam preenchidos com atividades escolares e extracurriculares, mas é importante que as crianças e os adultos reservem tempo para a leitura todos os dias. Incentive seu filho a ler por 20 minutos antes de dormir todas as noites e, com o tempo, uma história divertida fará com que ele se prenda à leitura e queira ler por mais tempo.
  3. Procure oportunidades de leituras únicas onde quer que vá.Poderia se tornar uma caça ao tesouro de leitura! Em um restaurante? Peça ao seu filho para ler o No carro? Peça ao seu filho para ler as placas da rua. Fazendo o jantar ou uma sobremesa divertida? Peça ao seu filho para ler o caderno de receitas. Compras de supermercado? Peça-lhe que leia os preços. As possibilidades de atividades de leitura para crianças são infinitas.
  4. Variedade é o tempero da vida.Exponha seu filho a uma grande variedade de livros e histórias. Cada novo livro expõe uma criança a novas informações, conceitos, lugares e pessoas!
  5. Certifique-se de escolher materiais de leitura apropriados para a idade, sobre tópicos interessantes, para que as crianças não desanimem ou fiquem entediadas.
  6. Não se esqueça de fazer a leitura divertida!Escolha livros que interessem ao seu filho e crie vozes bobas para diferentes personagens ou ações. Isso ajudará a manter a atenção do seu filho. Mantenha-o envolvido fazendo perguntas, o que ajudará na compreensão do texto.
  7. Sempre mostre interesse na leitura do seu filho.Demonstrando interesse e fornecendo elogios genuínos e positivos, as crianças estarão mais propensas a continuar trabalhando em prol de bons hábitos de leitura.

Você se lembra da sua história favorita quando criança? Crie essas novas memórias felizes com seus filhos com um hábito de leitura para toda a vida. Considere recompensar seu filho com um dia divertido no The Little Gym. Estabelecer bons hábitos em crianças precisa ser uma prioridade durante todo o ano para estabelecer as bases para um estilo de vida saudável à medida que elas crescem.